Protecção de dados -RGPD

Até 25 de maio de 2018 muita coisa ira mudar garças ao Regulamento Geral de Proteção de Dados ( RGPD ).

 

O Regulamento

Regulamento Geral de Proteção de Dados ( RGPD ) entra em vigor em 25 de Maio de 2018 e substitui a atual diretiva e  lei de proteção de dados em vigor. De seguir, apresentam-se as suas ideias principais assim como o regulamento completo.

Informação aos titulares dos dados

O regulamento obriga a informar acerca da base legal para o tratamento de dados, prazo de conservação dos mesmos e tr

ansferência dos mesmos. Todas as políticas de privacidade e textos que prestem informação aos titulares de dados têm de ser revistos.

Exercício dos direitos dos titulares dos dados

O regulamento obriga a garantir o exercício dos direitos dos titulares dos dados. Desta forma, os pedidos de exercício desse direito passam a ser monitorizados e documentados com prazos máximos de resposta, direito à portabilidade dos dados, à eliminação dos dados e à notificação de terceiros sobre a retificação ou apagamento ou limitação de tratamento solicitados pelos titulares.

Consentimento dos titulares dos dados

O regulamento obriga a controlar as circunstâncias em que foi obtido o consentimento dos titulares quando isso for base legal do tratamento dos dados pessoais. Existem um conjunto de exigências para obtenção desse consentimento e o seu não cumprimento obriga à obtenção de um novo consentimento.

Natureza dos dados

O regulamento define o conceito de dados sensíveis que estão sujeitos a condições específicas para o seu tratamento, nomeadamente direitos e decisões automatizadas. Um exemplo de dados sensíveis serão os dados biométricos. Dependendo da dimensão e contexto destes tratamentos de dados específicos, poderá ser obrigatória a nomeação de um Encarregado de Proteção de Dados, que, caso não seja do interesse da empresa contratar ou nomear esse novo elemento, a nossa equipa de Proteção de Dados também disponibiliza esse serviço como parte da nossa solução.

Documentação e registo

O regulamento obriga a manter um registo documentado de todas as atividades de tratamento de dados pessoais. As organizações são obrigadas a demonstrar o cumprimento de todos os requisitos decorrentes da aplicação do regulamento.

Subcontratação

O regulamento obriga a que o subcontratante garanta que detém todas as autorizações dos responsáveis pelo tratamento de dados. Os contratos de subcontratação terão de ser revistos para incluir um conjunto vasto de informações com o objetivo de proteger a informação dos titulares de dados que é frequentemente tratada por várias entidades sem os respetivos titulares terem conhecimento.

Encarregado de Proteção de Dados (DPO – Data Protection Officer)

O regulamento introduz a figura do Encarregado de Proteção de Dados que terá um papel de controlador dos processos de segurança para garantir a proteção de dados no dia-a-dia da empresa. Embora não seja obrigatório para todas as empresas, a existência do mesmo ou de um serviço externo que garanta essa função pode acrescentar muito valor aos processos de cumprimento das obrigações.

Processos de Segurança e Tratamento de Dados

O regulamento obriga a um grande controlo do risco associado ao possível roubo de informação. Este controlo de risco deverá passar a ser garantido por medidas de segurança efetivas que garantam a confidencialidade, a integridade dos dados e que previnam a destruição , perda e alterações acidentais ou ilícitas, ou a divulgação/acesso não autorizado de dados.

Proteção de dados desde a conceção

O regulamento salienta a necessidade de passar a avaliar projetos futuros de tratamento de dados com a devida antecedência e rigor de forma a poder avaliar o seu impacto na proteção de dados e adotar as medidas adequadas para mitigar esses riscos.

Notificação  de violações de segurança

O regulamento obriga a que todas as violações de segurança que resultem em risco para os direitos dos titulares sejam comunicadas à autoridade de controlo assim como aos respetivos titulares dos dados.

Coimas

O regulamento estabelece um quadro de aplicaçao uniforme assente em dois escalões (em função da gravidade) :

  • Nos casos menos graves, a coima poderá ter um valor até 10 milhões de Euros ou 2% do volume de negócios anual a nível mundial, consoante o montante que for mais elevado.
  • Nos casos mais graves, a coima poderá ter um valor até 20 milhões de Euros ou 4% do volume de negócios anual a nível mundial, consoante o montante que for mais elevado.

 

Fonte: Protecçao dos dados

DIN Wallet – Analise

Tenho uma carteira que anda sempre comigo, onde trago os cartões, documentos pessoais e algum dinheiro, carteira essa em pele e com bastante qualidade e com um preço a condizer embora ande sempre no bolso de trás das calças e num dia dia deste como outro qualquer ao entrar no carro senti algo no bolso a estalar, veio-me logo o instinto de Artur Albarran “O drama, a tragédia, o horror” logo fui ver o que tinha “partido”, e lá estavam dois cartões multibanco rachados na fita magnética, depois de ultrapassar o mini ataque cardíaco e algumas palavras de apreço pela situação à que tomar decisões.

 

No site temos bastante variedade desde varias cores, padrões e ate a possibilidade de personalização, escolhi então uma feita de Takula.Paguei e aguardei.

1º experimentar os cartões (funcionam os dois)happy

2º trocar a carteira de bolso

3º encontrar uma alternativa a carteira  

 

comecei então à procura de uma alternativa e sinceramente tudo o que encontrava era muito idêntico não só em design como também no preço que era bastante “salgado”

 

Depois de alguma procura lembrei-me de ja ter visto algo interessante no site do Ainanas, la fui então e encontrei, decidi-me então pela compra, mesmo que não gosta-se era metade dos outros que tinha encontrado.

Passado 4 dia já a tinha comigo, e se a coisa que cativa é a primeira impressão, um envelope por papel pardo com o logo da empresa, simples mas sofisticado, ao abrirmos temos logo “carteira” onde vem também um um elástico supcelente (que pode vir a dar jeito)

 

Coloquei os cartões e algumas notas e comecei logo a utilizar, dá para perceber que foi um produto pensado pois tem um design simplista mas arrojado que cativa ao primeiro olhar e levanta a curiosidade de quem olha e vê pela primeira vez, sendo também bastante agradável de transportar seja na mão pois é bastante ergonómica seja no bolso pois não se torna desconfortável.

Quanto a sua utilização bastante simples a operação de tirar e meter cartões ou dinheiro não deixando cair ou soltando com a correria do dia a dia.

 

Em conclusão comprei uma carteira moderna, bastante agradável por um preço justo e de fabrico português, que faz com que seja um pouco diferente quando tenho de pagar contas.

Made in Portugal

Design

Preço

 

Algo limitado no nº de cartões (sugerido um máximo de 8)

Não leva moedas

DIN Wallets

Descontos:

Assinar o Newsletter -10%

AINANAS10

Como montar painel de ferramentas!!

Neste caso caso é um painel de ferramentas paras bicicleta, mas é aplicável a qualquer situação e a qualquer oficina ou garagem.

Muito fácil de fazer, apenas é necessário alguma paciência e o material, mas fica aqui o artigo completo e o video para ajudar.

Artigo

Renascimento das cinzas

Fenix

Depois de ter existido uma falha no site e ter ficado sem nenhuma informação do site, e o único backup existente estar também corrompido, optei por fazer um reset completo ao domínio e iniciar tudo de novo.

Numa primeira fase irei postar todos os artigos que existiam anteriormente no site, pois tenho as fontes dos mesmos, e posteriormente continuar com o trabalho ja iniciado.

Para ja podem verificar a pagina “Download’s no WC” que foi refeita com mais programas sempre de fontes oficiais e fiáveis.